Vazamento de Dados – Vigilância como commodity

Nova publicação em fórum da dark web anunciou a comercialização de todo o banco de dados de um aplicativo para celular utilizado como “monitoração familiar”.

São mais 700GB de informação sendo comercializadas por 0,5 BTC (cerca de R$ 25.000,00). Os dados incluem imagens, vídeos, e-mails, senhas, áudios, mensagens de WhatsApp, browser e histórico de navegação.

São 35 tabelas que incluem informações sobre chamadas, imagens coletadas com o aparelho vítima, acessos em redes sociais.

Continuar Lendo

Vazamento de Dados – Revelo

Uma publicação em fórum da dark web anunciou a comercialização de banco de dados de mais de 1 milhão de pessoas pelo valor de USD 1.100. Os dados seriam da página de serviços de recursos humanos Revelo (revelo.com.br).

Os dados incluem informações como endereços de e-mail, nomes, endereços de IP, perfis de redes sociais, localizações geográficas, dados pessoais e senhas de acesso. Uma demonstração desse acesso foi fornecida no seguinte link:

Continuar Lendo

Vazamento de Dados – OpCovid – LulzSecITA

Identificados em 21/05, várias publicações no Twitter que indicam vazamento de dados do Hospital IRCCS San Raffaele. A ação foi realizada pelo LulzSec_ITA, grupo hacktivista italiano com grande atividade

As imagens demonstram com clareza o comprometimento de sistema do Hospital San Raffaele.

Continuar Lendo

Vazamentos – Digital Space – Exército

Ao que parece a quarentena tem dado tempo para o pessoal do Digital Space, formado por Ergo e SNM Anops, atuar com mais frequência. O alvo dessa vez foi nada menos que o Exército Brasileiro!

Em publicação no Twitter o coletivo indicou que possui mais de 200 mil registros de integrantes das forças armadas.

O grupo tem conotação hacktivista, pois indicou que

Continuar Lendo

Venda de Base de Dados – Brasil, México e Venezuela

O volume de vazamentos de dados tem crescido continuamente. Efeito disso é a criação de um mercado paralelo de comercialização e escambo de dados e informações de toda ordem. Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente detectou recentemente a comercialização e/ou distribuição de três bases de dados do Brasil, México e Venezuela.

Detalhe adicional, no caso de México e Venezuela os dados são eleitorais. Algo que os torna ainda mais preocupantes no contexto de ações ofensivas com o objetivo de influenciar

Continuar Lendo