Data Breach – synt4x – OpVenezuela

O ator synt4x, integrante do grupo hacktivista Sin1peCrew, divulgou dados de duas entidades governamentais da Venezuela: Alcaldia Bolivariana de Maracaibo & Insituto Venezolano de Investigaciones Cientificas.

A motivação para as ações são claramente hacktivistas e tem como objetivo protestar contra o atual governo venezuelano (#OpVenezuela).

Mais uma para conta da Autoridade Nacional de Proteção de Dados

Continuar Lendo

Data Breach – EterSec – OpAmazonia

OpAmazonia

O coletivo brasileiro EterSec publicou vídeo convocando a comunidade hacktivista para realizar ações em proveito da #OpAmazonia.

Juntamente com o vídeo foi disponibilizado um exposed contendo dados pessoais do Ministro do Meio Ambiente Ricardo, Salles. Os dados incluem informações sobre o patrimônio do

Continuar Lendo

Data Breach – Descomplica – Dados Pessoais

Nova publicação em fórum utilizado por cibercriminosos divulgou dados de do portal Descomplica, voltado para ensino à distância com diferentes propósitos.

Não foi indicada motivação para a ação, apenas a divulgação dos resultados em sites de compartilhamento de arquivos. Os dados disponibilizados incluem o que seriam informações financeiras, redes sociais e pessoais dos usuários do serviço. São sete arquivos que soma 460 MB compactados.

Mais uma para conta da Autoridade Nacional de Proteção de

Continuar Lendo

Data Breach – Vários Alvos – TeamGh0st

O grupo TeamGh0st – formado por Javaly7777, Rebreakk, Tr4g1ck M3t4l1ck, FurLaneTNew e Ecologyc divulgaram ataques aos municípios de Caldeirão Grande/BA, Poços de Caldas/MG, Surubim/PE, Votuporanga/SP e Floriano/PI .

As ações tem cunho hacktivista como manifestação ao Presidente Bolsonaro.

Continuar Lendo

Data Breach e Exposed – EterSec

O coletivo EterSec continua bastante ativo na comunidade hacktivista brasileira. Foram duas publicações realizadas no último final de semana.

No primeiro foram divulgados dados da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, numa ação com claro conteúdo hacktivista.

A segunda publicação foi um doxing (exposed) do pastor José Olímpio, que disse que oraria pela morte do ator Paulo Gustavo. É uma explícita manifestação contra mensagem religiosa que incita intolerância contra comunidade LGBT+.

Mais

Continuar Lendo