Vazamento de Dados – REDDCCAD-GIZ – the_CryptoRat

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente (31/08) identificou vazamento de dados de página da ReddCCAD-Giz, organização não-governamental com financiamento alemão que tem por objetivo reduzir o desmatamento de florestas na América Central e Caribe.

A ação foi reivindicada pelo grupo hacktivista venezuelano Anonymous Venezuela. O grupo tem forte caráter político-ideológico em suas ações e nesse caso não foi diferente:

Jimmy Morales ha roto el orden constitucional, ha roto acuerdos internacionales y la vos popular, a apartir de éste momento desconocemos la legitimidad de éste gobierno y de la actual legislatura y nos declaramos en desobediencia y resistencia civil con el propósito de sacar del poder al DICTADOR James Morales Cabrera y a su cúpula corrupta.

A referência foi ao atual presidente da Guatemala e ex-comediante (sério), Jimmy Morales, que é acusado pelo grupo de tomar decisões ditatoriais, compactuar com a corrupção e ignorar anseios populares.

Os dados do vazamentos de informações são originários da página do REDD (Reducción de Emisiones por Deforestación de Degradación de Bosques en Centroamérica y República Dominicana), que conta com apoio da Comisión Centroamericana de Ambiente y Desarrollo (CCAD) e Cooperación Técnica Alemana GIZ (antes GTZ)

Vazamento de Dados – Guatemala

Os vazamentos incluem nomes de tabelas do banco de dados, além de credenciais de acesso (usuário e senha) e dados pessoais de usuários do sistema REDDCCAD-GIZ. 

A existência de que campanhas hacktivistas locais (no caso da Guatemala) tem adesão de grupos de outras nacionalidades (Venezuela) sinaliza a existência de articulação entre grupos hacktivistas de diferentes origens.