WeekLeaks (11) 2019

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou treze publicações em redes sociais e nos sites de compartilhamento de texto Anonfile, Ghostbin e Pastebin veiculando dados de entidades públicas e privadas do Brasil, Colômbia, México, Cazaquistão, Filipinas e Bangladesh.

As ações foram realizadas pelo a inesgotável Al1ne3737 (Pryzraky), An4rCa0sOPS, Tryliom e xS1lenc3d (Pryzraky).

Al1ne

A incansável hacker brasileira Al1ne, integrante do Pryzraky, realizou nova série de vazamentos.

Os leaks realizados por Al1ne incluem alvos do governo de Bangladesh (Rangpur Metropolitan Police, universidades):

Leak – Bangladesh – Al1ne

Novamente alvos vinculados à #OpSpain e #OpCatalonia foram alvejados (C.P Siete Infantes de Lara, MASI – Master in Aircraft Systems Integration e Escola Rosalía de Castro):

Leak – OpCatalonia – Al1ne
Leak – OpCatalonia – Al1ne

Por fim, foram atacados alvos relativos à #OpVenezuela (Sociedad venezolana de Oncologia, Postgrado UNET e RRHH Universidad Nacional Abierta): 

Leak – OpVenezuela – Al1ne

São demonstrações reiteradas de capacidade ofensiva que colocam Al1ne e o grupo Pryzraky como os mais ativos e contundentes na comunidade hacktivista brasileira.

An4rCa0sOPS

O grupo An4rCa0sOPS – que já realizou ataques mencionados aqui no Lab – realizou vazamento de dados contra a Empresa de Energía de Arauca:

Leak – Colombia – An4rCa0sOPS

Tryliom

O atacante de origem francesa, Tryliom, foi autor de vazamento de dados do setor de aviação da Venezuela:

Leak – Venezuela – Tryliom

xS1lenc3d

Por fim, novo integrante do grupo Pryzraky, xS1lenc3d, realizou sequência de vazamentos contra entidades públicas e privadas de diferentes nacionalidades.

Leak – xS1lenc3d – maylevasquez.com
Leak – xS1lenc3d – falcon.edu.ph
Leak – xS1lenc3d – cncw.gov.kh
Leak – xS1lenc3d – casasdecambio.mx
Leak – xS1lenc3d – sonora.gob.mx