Empresas públicas e as criptomoedas (3)

Já falamos aqui no Lab sobre evidências de que empresas públicas brasileiras estiveram engajadas em atividades de mineração de criptomoedas nos últimos meses.

Em outro post, mostramos que o endereço IP 179.106.201.172 (AS 263083 – Parque Tecnológico de Itaipu – PTI) apresentou comportamento consistente como um nó da rede Bitcoin.

Nosso sistema de monitoramento avançado persistente identificou a ocorrência de outro endereço IP, também do Parque Tecnológico de Itaipu, como nó integrante da rede Bitcoin.

Dessa vez trata-se do endereço IP 179.106.200.222. O registro foi identificado como ativo durante o dia 13 de março, na porta 8555 e com o user agent BitCore 0.14.1.6.

Detalhes da atividade do endereço IP 179.106.200.222 como nó da rede BitCoin

Não é possível saber, contudo, se essas atividades observadas são uma iniciativa institucional ou uso de ativo corporativo para fins pessoais.