Desfigurações em Massa – Vários Alvos

Nos últimos dias nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou diferentes sequências de desfigurações de página do contraEstados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, além de universidades (UFRJ, UFMT, USP), o Ministério da Saúde, Televisão Pública da Venezuela e inúmeros alvos privados.

PRdV

O grupo brasileiro PRdV, pelos seus integrantes L0ster eMalokin, foi responsável por 14 desfigurações contra os Estados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio

Continuar Lendo

Hacktivismo – Convocações 2019

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou publicações contendo convocações para #OpSudan, #OpGabon#OpZimbabwe#OpGreenRights e #OpTelevangelho, nelas foi possível identificar listas com alvos para cada operação.

As operações convocam para ataques de negação de serviço e outras ações ofensivas por conta de medidas autoritárias tomadas nos três países africanos mencionados: Gabão, Sudão e Zimbábue.

Para as três primeiras não foi reivindicada autoria da convocação (no idioma inglês), ao passo que na quarta há

Continuar Lendo

Nova definição para hacker ético?

Já existem definições do que é ser um hacker ético (ethical hacker). Nosso objetivo com essa publicação não é contestar esse conceito ou tentar “ensinar” isso para o nosso público.

Foram identificados desfigurações que podem ser chamadas de “éticas” pelo propósito que veiculam. Os grupos TDA Team, Anon Ghost Brasil e o Chaos Computer Club realizaram ao menos três defaces para veicular pedidos de doações para um abrigo da Protetora de Animais Tania Mussa

Continuar Lendo