Vazamento de Dados – SENAI

Novos ecos do dissenso político são ouvidos na dimensão cibernética. Nova ação hacktivista foi identificada no dia 12/05 pelo nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente. Um hacker conhecido como Peniche, filiado ao grupo ASG Team, publicou no Ghostbin (site de compartilhamento de texto) dados pessoais do corpo técnico do SENAI.

O grupo já foi referenciado aqui no Lab com vazamento de dados de página do Partido dos Trabalhadores (PT) e com o vazamento de dados pessoais da Deputada Manuela D’Ávila PCdoB-RS (pré-candidata à Presidência), o que demonstra a sua vocação hacktivista.

Vazamento – SENAI

O fato notável desse ataque é a adesão a hashtag do Twitter . Essa é uma clara referência a atuação da Justiça Eleitoral brasileira – encabeçada pelo TSE – e a forma pela qual o processo de votação (urna eletrônica) será organizado nas Eleições de 2018.

COMEÇA AGORA A OPERAÇÃO VOTO IMPRESSO

Se o Brasil não tiver uma eleição justa

A intranet não terá descanso

Essa é mais uma evidência que sugere que a comunidade hacktivista brasileira se engajará em campanhas hacktivistas (por exemplo: #OpEleicoes2018, #votoimpressoJa) no período eleitoral, aos moldes do que se observou nos casos de #OpOlympicHacking (2016), #OpOperadoras (2016 e 2017) e #OpStopBlocking (2016 e 2017).