Negação de Serviço – planalto.gov.br – Mecz1nho

Nosso sistemade Monitoramento Avançado Persistente detectou, em 29/08, publicação em rede social que indicou um ataque de negação de serviço contra página instituicional da Presidência da República do Brasil (www2.planalto.gov.br).

O ataque foi realizado pelo hacker brasileiro Mecz1nho que publicou junto das mensagens evidências de que o ataque foi bem sucedido (link).

Clique aqui para acessar o tweet original.

O hacker Mecz1nho tem demonstrado seguidos ataques (#OpVenezuela e negação de serviço na Marinha do Brasil) relatados aqui no

Continuar Lendo

Desfiguração em Massa – rn.gov.br – CandySec

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente detectou (26/08) pelo menos 6 desfigurações de páginas da capital do Estado do Rio Grande do Norte (rn.gov.br).

A desfiguração em escala foi realizada pelo hacker CandySec, um dos líderes do grupo hacktivista brasileiro CyberTeam. 

Páginas desfiguradas:

Continuar Lendo

Mecz1nho – Negação de Serviço – Marinha

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou ataque de negação de serviço contra página institucional da Marinha do Brasil.

O hacker brasileiro Mecz1nho assumiu a autoria da ação, não sendo possível identificar justificativa para a iniciativa.

O ataque foi anunciado no Twitter durante o dia 23/08, com a apresentação de evidência de que a página estava fora do ar às

Continuar Lendo

Desfiguração em Massa – es.gov.br – B4l0x

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente detectou (21/08) pelo menos 27 desfigurações de páginas de municípios do Estado do Espírito Santo (es.gov.br).

A desfiguração em escala foi realizada pelo hacker B4l0x, um dos líderes do grupo hacktivista brasileiro Protowave Reloaded. 

Páginas desfiguradas:

Continuar Lendo

Desfiguração na Polícia Militar de Minas Gerais

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou desfiguração de página em subdomínio da PM-MG. O hacker pr0w4r assumiu a autoria do ataque.

O invasor não veiculou mensagem política ou ideológica, apenas inseriu o texto:

pwned by pr0w4r

O termo pwned é uma variação da palavra em inglês owned, que é utilizada por hackers como gíria para situações em que se obteve controle administrativo sobre um computador ou sistema.  Isso sugere motivação de ostentar a própria capacidade ofensiva, algo como “hackostentação”.

Essa não é

Continuar Lendo

Invasão – PMMG – Inocent

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente detectou em 05/08 vídeo que apresenta invasão da intranet da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG).

A invasão foi publicada em canal do YouTube do hacker 1n0c3nt #ConTV. O hacker não publicou mensagens políticas nesse ataque.

O vídeo tem passagens que sugerem que o atacante de fato ganhou acesso privilegiado no servidor da PM/MG.

O vídeo possui dois minutos e oito segundos. Por volta dos 40 segundos, o atacante cria um

Continuar Lendo

Vazamento de Dados – Palmeiras – Malokin

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou vazamentos sucessivos (24/07) da Sociedade Esportiva Palmeiras, notório clube de futebol brasileiro.

O vazamento foi realizado pelo hacker brasileiro Malokin nos sites de compartilhamento de texto Pastebin e Ghostbin.

O vazamento inclui 22 credenciais de acesso (e-mail, login e senha) de uma tabela denominada “admin”.

A ação não parece ter conotação política, dado a natureza do alvo e os cumprimentos aos corinthianos enviados ao final

Continuar Lendo

Vazamento de Dados – PT-DF – VandaTheGod

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou vazamentos sucessivos (21/07) de diversas páginas, dentre elas a página do Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal (PT-DF).

O vazamento foi realizado por VandaTheGod, hacker brasileiro com amplo histórico de ataques cibernéticos.

A publicação ocorreu no Twitter e veicula usuário e senha (uma delas em hash MD5) das seguintes páginas:

Continuar Lendo

Publicação – Rio Negro/AR – Mafia Project

Nosso sistema de Monitoramento Avançado Persistente identificou publicação (18/07) que alega ser produto de ação ofensiva seguida de vazamento pelo grupo The Mafia Project.

A publicação ocorreu no site de compartilhamento de texto Hastebin e indica dados de pessoais de usuários e senhas do governo da Província de Rio Negro, na Argentina .

O grupo The Mafia Project já tinha publicado um suposto vazamento de dados da cidade de Nova Iorque (EUA), sendo que o conteúdo do leak

Continuar Lendo